quinta-feira, 21 de maio de 2009

Até Depois João Bénard da Costa


É dificil encontrar palavras para homenagear alguém que fez tanto pela nossa cultura e especialmente pelo cinema português.
Pena foi ter-nos deixado, precisamente antes de um filme português (uma curta metragem) ganhar pela primeira vez uma palma de ouro. Estou certo que onde quer que estaja estará imensamente orgulhoso.

1 comentário:

Dulce Alves disse...

Bem recordado, João.
E de facto, é uma pena que um homem que tanto fez pela Cultura (não só à frente da Cinemateca), por pouco tempo não tenha visto o cinema português ser condecorado por Cannes...