quarta-feira, 23 de julho de 2008

Não há força no idioma se o léxico não nos une!


O Acordo Ortográfico foi promulgado pelo PR há dois dias, mas a minha opinião nesta matéria não só mantém-se (cfr. aqui) como se acentua a indignação ao deparar-me com estes insultos à Língua de Camões. É que depois do AO, tudo é permitido. E isto é, a meu ver, bem mais ofensivo que isto.
* Foto subtraída daqui

5 comentários:

Gonçalo Capitão disse...

Desculpa, mas só dizes que é mais ofensivo do que o uso excessivo do inglês, porque sabes bem que usas e abusas disso. Sabes que é um assunto que nos divide.

É bem grave, mas acho que, ainda assim, prefiro quem tente usar português, mesmo errando.

Dri disse...

Prefiro o uso do portugues mas sou contra este novo acordo ortografico. Cada vez mais as gerações mais novas, escrevem mal, não lêem e mais escrevem por abreviaturas graças as novas tecnologias. Por isso acredito que este novo acordo vai ser prejudicial. Já para não falar das razões que originam o acordo....

Gonçalo Capitão disse...

Também sou contra o acordo!!!

Filipe disse...

Ainda não consegui perceber muito bem como é que este acordo ortográfico teve "pernas para andar" mas, para já, parece-me que não estou a exagerar se disser que vamos perder parte da nossa identidade.

Carlos Medina Ribeiro disse...

A foto foi tirada recentemente, em Alvor.