quarta-feira, 16 de janeiro de 2008

Descubra as diferenças... *


“ Sinto-me um pequeno português num enorme país que é Portugal. O Portugal que é hoje o país mais internacional de todos os países do mundo sem deixar de ser português".
Manoel de Oliveira [Universidade do Algarve, Janeiro 2008 ]
cineasta português, que embora incompreendido por muitos dos portugueses, não mostra qualquer sentimento de repulsa pelo seu país.
*

“Portugal deveria tornar-se numa província de Espanha. Já temos a Andaluzia, a Catalunha, o País Basco, a Galiza, Castilla La Mancha e tínhamos Portugal. (...) Era uma questão a negociar”
José Saramago [ DN, Julho 2007 ]
escritor português que depois de ter ganho o Nobel da Literatura (em português!), passou a viver em Espanha e a defender a alienação do país e da cultura que o gerou...
* Grau de dificuldade: mínimo!

3 comentários:

Rui Miguel Ribeiro disse...

Notável a declaração de Manoel de Oliveira.
Saramago há muito que parece ter entrado num processo de esclerose emntal galopante. Não vale a pena perder tempo com esse dinossauro.

Gonçalo Capitão disse...

Ó Dulce

ESCRITOR ESPANHOL!!! Ficamos com o Nobel do Egas Moniz e chega!

Dulce Alves disse...

A intenção era precisamente essa: destacar a diferença entre a lucidez e humildade de um e o estouvamento e altivez de outro!
Bem como o diferente sentimento que ambos nutrem pelo seu país e pelas suas raízes culturais.