terça-feira, 6 de novembro de 2007

Momento de filosofia

Numa pastelaria do Estoril, pode constatar-se o seguinte, em matéria de "chupas": já quase não há do Benfica, comeram-se um ou dois do Sporting e nada se vendeu do Porto.

Embarcando na sociologia amadora, pergunto-me o que será verdade:
  1. O F.C.Porto é mesmo, como dizia esse homem isento que era Vale e Azevedo, um "clube regional".
  2. O Benfica tem mais sucesso.
  3. Os benfiquistas adoram chupar.
  4. Os portistas não sabem chupar.
  5. Os sportinguistas não são carne nem peixe.
  6. Bem faz a Académica que não se mete nestas parvoíces.

Escolha a sua explicação, cole num envelope e ganhe um "chupa" do clube que preferir (a ser atribuído na Grande Gala do Lodo).

8 comentários:

Dulce Alves disse...

Não sei explicar esse fenómeno, mas é inegável que ele coloca em causa essa duvidosa teoria de que os benfiquistas são do "povo" e os sportinguistas da "elite" (sejá lá o que isto for).
Ou então... está na moda os "meninos bem" da Linha darem um passo em frente no que respeita à sua determinação e... (como é, mais dia, menos dia, inevitável...)renderem-se ao Glorioso! ;)

Francisco Castelo Branco disse...

Caro Gonçalo Capitão...... sendo eu morador e adepto fervoroso da Linha.....posso assegurar que neste cantinho de Portugal de quem toda a gente diz mal só porque tem praia e sol durante o ano, os Benfiquistas predominam. Como em todo o país. Mas acima do Glorioso tenho que lhe dizer que o Grupo Desportivo Estoril Praia é amado e querido pelos seus conterrâneos. Por isso nessa pastelaria deveria estar um emblema do clube pelo qual eu sou o sócio numero 4142! Com muita Honra...............
Saudações

luis cirilo disse...

Pois,a Briosa anda mais numa de chuchar no dedo !
Quanto a essa pastelaria provinciana,com produtos regionais de Lisboa e Porto,não me parece talhada para o sucesso.
Falta-lhe a dimensão nacional que só um clube como o Vitória pode dar.
Afinal,Portugal é Guimarães o resto são conquistas.
E o rei Afonso não era com chupas que tratava da saúde aos mouros...

Marta Rocha disse...

Eis a minha explicação, até porque o maior adepto do Porto já nem tinha dentes de tanto consumir "chupas":

Os "chupas" do Porto já tinham esgotado várias vezes e o "pack" da foto que está intacto fora colocado há 5minutos, sem que o lojista tenha tido tempo de retirar da montra o aviso "Já não há chupas do FCP". Aviso que lá tinha colocado depois de ter ficado afónico pelo número de vezes que teve de repetir que "do Porto já não há!" e esmurrado por ter dito uma vez "Leve outro que sabe ao mesmo".

Filipa Guimarães disse...

Atendendo há sugestiva dentição do emplastro que aparece sempre a salientar a mesma mensagem “O meu pai é o Pinto da Costa”…nós Sportinguistas ficamos avisados que chupar faz mal aos dentinhos….e depois como é que se dava uma bela dentadinha na carne da águia….

rei dolce disse...

sou do FCP, entendo e percebo o clube, e é por isso que digo com muito orgulho, que o FCP é um clube regional, uma instituição que representa (e bem) esta grande região que é o grande porto.

claro que com o passar dos anos e dos muitos titulos conquistados, o FCP foi criando simpatias e alguns adeptos por todo país, mas a nossa força é aqui, nesta região, e é isso que nos torna fortes.

Gonçalo Capitão disse...

Com excepção do miserável texto do Luís Cirilo :)))) , os vossos comentários são geniais!...

Ó Luís: não tem mal não seres capaz de atingir o estado de alma superior que é ser da Briosa... Podias ser Mendista, o que era bem pior ;) (um abraço)

Luis Cirilo disse...

Pois,mas para o mendismo a solução já a sabemos.
Um tratamento á base de Skip e o problema esta resolvido.
Agora estado de alma superior ?
Na Briosa ?
Oh Gnçalo isso devem ser sequelas da Liga vitalis por onde vocês passam periodicamente.
Bem...periodicamente não será bem o caso.
Quando á boleia do grande N´Dinga foram lá parar...lá estiveram uns anitos.
E,aí sim,compreendo o estado de alma superior.
Mas não desesperes;se continuarem pelo actual caminho acho que no próximo ano voltam a sentir estados de alma superiores.
Aquele abraço...solidário !