quarta-feira, 11 de outubro de 2006

Socialismo?!? O que é que é isso?!? Algum chocolate novo?

Vivo num país que parece a república das bananas.
É, por isso, compreensível que cada vez que vou ao estrangeiro não me apeteça voltar...

Chego a casa, depois de ter estado um dia inteiro a trabalhar (DE BORLA!!!! - estágio profissional!) e olho para a TV. Está tudo histérico por causa do acordo do Governo com o MIT... Aparecem uns tristes (sim, com "i"...), em bicos dos pés, para terem 5 minutos de fama com uma universidade americana.
Mas será que alguém acha que somos nós que vamos lucrar com o projecto?!?
Bem, o pior cego, é aquele que não usa bengala!!!

Será que, de repente, alguém se esqueceu que os americanos nunca assumem o papel de ajuda humanitária num conflito?!? Ficam sempre com a parte tecnológica... Wonder why...

E ver o Primeiro-Ministro todo inchado...

Resta-me dizer(-te):

José Sócrates, julgo que não suportavas o medo da felicidade!

4 comentários:

Cunilingus disse...

Isto não é só para ser do contra, mas….
Epá, eu sei que o IST, o ISCTE, as Universidades de Lisboa, de Coimbra, do Porto, de Aveiro e outras têm muita qualidade, mas se Portugal tirar uma mais valia deste acordo, seja ela no conhecimento, nas metodologias, na partilha de informação, na aquisição de competências que nos permitam imitar algum desse parasitismo de que falas, ou se houver um mero aumento do investimento na investigação e se for promovida a parceria entre as univs e as empresas, que seja feito o acordo. Quando se aprende alguma coisa benéfica vale sempre a pena.
Certamente já sabes, mas cá vai um copy paste das instituições portuguesas envolvidas na colaboração com o MIT:
Design de engenharia e fabricação avançada
- Instituto Superior Técnico, Universidade Técnica de Lisboa
- Escola de Engenharia, Universidade do Minho
- Faculdade de Engenharia, Universidade do Porto
Sistemas de transportes
- Instituto Superior Técnico, Universidade Técnica de Lisboa
- Faculdade de Engenharia, Universidade do Porto
- Faculdade de Ciências e Tecnologia, Universidade de Coimbra
Sistemas de energia
- Instituto Superior Técnico, Universidade Técnica de Lisboa
- Instituto Superior de Economia e Gestão, Universidade Técnica de Lisboa
- Faculdade de Engenharia, Universidade do Porto
- Faculdade de Ciências e Tecnologia, Universidade de Lisboa
Sistemas de bio-engenharia
- Faculdade de Ciências e Tecnologia, Universidade Nova de Lisboa
- Instituto Superior Técnico, Universidade Técnica de Lisboa
- Escola de Engenharia, Universidade do Minho
- Faculdade de Ciências e Tecnologia, Universidade de Coimbra
- Faculdade de Engenharia, Universidade do Porto
Gestão
- Faculdade de Ciências Económicas e Empresariais, Universidade Católica Portuguesa
- Faculdade de Economia, Universidade Nova de Lisboa
- Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa
- Instituto Superior de Economia e Gestão, Universidade Técnica de Lisboa

Podes dizer assim:
Sara - “ Ah e tal, mas estão a dar muita importância a isto” Epá, está bem. Mas estes intercâmbios deveriam ser o pão-nosso de cada dia no ensino superior português, tu, mais do que ninguém, devias saber isso já que viajas tanto. Sim, porque nas tuas idas ao estrangeiro deves ter reparado que noutros países como a Holanda, a França e a Inglaterra estes procedimentos, entre universidades, são comuns (desculpa lá esta maldade, não torno a repetir).
Sara - “Mas, podia-se fazer melhor e isto está a ser utilizado como propaganda política”….heheheheheh Claro!
Sou Chuchalista? Claro que não, mas há tantas coisas para criticar no Sócrates que esta acaba por ser peanuts...

Helder Baptista disse...

Estive a dar uma vista de olhos pelos blog's e pelas notícias da manhã e fiquei muito perplexo ao ler este texto.
Discordo completamente da ideia que passas e da mensagem que pretendes deixar.
Sou socialista dentro da Social Democracia , viajo algumas vezes (pelo facto da minha empresa ser muito internacionalizada)e ter trabalhado em algumas multinacionais e tenho muitos amigos que por razões profissionais estão em São Paulo, Luanda, Londres, Alemanha, etc...
Quando ouvi falar do MIT fiquei muito contente porque pensei que Portugal podia ter ai uma alavancagem para se tornar um "Silicon Valley" da Europa. Neste momento o MBA da universidade Nova já foi classificado nos 50 melhores do mundo pelo Financial Times... não poderiamos ser mais ambiciosos??
Uma parceria estratégica poderia trazer vantagens competitivas para as nossas universidades.
Existem cada vez mais pessoas nas áreas da economia, gestão, engenharia a procurar MBA's, PhD's em Nova Iorque (Columbia), Stanford, Paris (Insead, Barcelona (IESE)... e a Nova ja anda nesta correrias.
Quanto ao governo do Sócrates existem muitos erros a apontar, penso que neste aspecto acho que está a agir bem (dentro dos possíveis) e quanto à propaganda toda a gente o faz.
Sabes Sara... o Sócrates é primeiro ministro porque o PSD assim o desejou!!!

Gonçalo Capitão disse...

Drª Sarinha

Recuperando o fôlego, depois da preciosa leitura com que nos brindaste, permito-me anotar a edição:

1 - os nossos dois amigos que já disseram de sua justiça não deixam de ter razão, quando afirmam que o MIT é uma boa notícia para o ensino superior e para a investigação do nosso País. Desde logo, pela cultura anglo-saxónica de rentabilização e de ligação ao mundo empresarial.

2 - Depois, quanto às flores que o engº Sócrates fez sobre o assunto, creio que qualquer governo o faria, entre nós. Temos de ser realistas e viver com a nossa pequena dimensão, na qual um "happening" destes é uma jóia na coroa do rei de serviço.

3 - Especificamente quanto ao comentário do Helder, creio que, de facto, o PSD marcou um tremendo auto-golo, nas últimas eleições (mea culpa, com certeza, que apoiei o "Menino Guerreiro").

4 - Se Portugal tivesse jogado assim, ontem, não havia polacos que nos segurassem... Ou seja, como vês pelos detalhadíssimos comentários que antecedem este, o teu estilo enriquece muito o "lodo" e já geraste debate, que é o grande objectivo por estas bandas. Em suma, continuando no "futebolês", és uma contratação de luxo; temos craque! :)))

Rui Miguel Ribeiro disse...

Os dois primeiros comentadores têm bastante razão, bem como o Gonçalo, que me tocou num ponto fraco ("a cultura- anglo-saxónica). No entanto, convinha aproveitar o que de bom pode advir destas parcerias sem fazer (pelos manos tão acintosamente) a figura do basbaque de província esmagado pela grandeza da capital. Foi bom o Bill Gates ter vindo a portugal, são bons os protocolos com a Microsoft e o MIT, mas escusamos de fazer a figura da Cúria Romana perante o desfile de fausto, elefantes e rinoceronte que o rei D. Manuel I enviou a Roma.