quinta-feira, 8 de março de 2012

Ânsia de protagonismo + mau jornalismo = a notícia idiota

As notícias sobre uma petição para demitir Cavaco Silva continuam. Depois de muito me conter, eis alguns pensamentos:

1 - Nem sempre concordo com o que diz e faz o Presidente, mas acho que outros, em cargos públicos e partidários, já fizeram muito mais para serem demitidos. Todavia, como "não dá notícia" ou é alguém do "grupo", os caciques calam-se.

2 - A demissão do Presidente não está prevista na Constituição, muito menos com um processo encetado por uma petição.

3 - Cavaco Silva foi eleito com 2.231.956 (dois milhões, duzentos e trinta e um mil, novecentos e cinquenta e seis votos) o que faz as quarenta mil assinaturas (onde dúvido que estejam sequer 5% de ex-apoiantes de Cavaco Silva) da petição parecerem ridículas. Porém, como "não faz sangue", os media não sublinham isto.

4 - Torna-se infame o desrespeito sistemático pelas instituições e símbolos nacionais.

1 comentário:

M. disse...

concordo contigo.
o que é demais é moléstia...
podiam canalizar as energias para um melhor jornalismo...
beijinhos**