sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

Hã?!

Para me forçar a andar um pouco e por simpatia ecológica, sou utente frequente do Metropolitano de Lisboa.

Entre outras coisas quotidianas, uma há que me tem despertado a curiosidade: que despesa terá o Serviço Nacional de Saúde, quando as gerações MP3 começarem a envelhecer?

Desde já aconselho os que agora ingressam nos cursos de medicina a escolherem a especialidade de otorrinolaringologia!

De facto, o volume a que muita gente ouve música com auriculares é assustador. Vezes há em que, apesar do barulho do comboio, consigo escutar distintamente as agressivas batidas da música electrónica que muitos preferem.
Vêm aí os novos surdos!...