segunda-feira, 1 de dezembro de 2008

A Caixa

Vejo-me no aeroporto de Stansted, em Londres, passageira do vôo da Ryanair para o Porto - sim, que a crise chega a todos e não estamos em momento de sustentar a TAP, que também não nos sustenta a nós!
Toda a gente vôa na Ryanair... Da tia da Foz, à Ti Maria de uma aldeia qualquer das beiras. O que nos proporciona momentos fantásticos!
E achara eu que já tinha visto tudo quanto havia de insólito, e que o meu irmão era a pessoa mais criativa que eu conhecera...

ENGANEI-ME!!!

E admito!

Depois das correrias para a fila do controlo dos passaportes, de sujeitar a mala ao raio X - e de ficar parada por causa de um perfume que tem medidas regulamentares, mas que não foi retirado da mala antes de esta ser vista na TV (e dos bons, por acaso... daqueles que se me ficassem com ele, quase chorava!) - e de mais de 40 pessoas, que eu não conheço de lado nenhum ficarem a "conhecer" a minha roupa - interior e exterior...
Passei aos chocolates, com uma italiana a dar-me encontrões e quase levou com o meu trolley nas canelas - sim, ainda há mulheres que se intimidam com a minha presença... LOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL. E, finalmente, a fila de embarque.

Quem voa na Ryanair, pode "comprar" uma entrada prioritária no avião. E o que parece um disparate, é um luxo útil, uma vez que os lugares não são marcados e aquilo é a corrida ao melhor lugar: SÃO TODOS IGUAIS!!!! Excepção feita às saídas de emergência - e são só 6 lugares, os das asas!
Mas houve quem pagasse para entrar primeiro no avião e ficasse mais 20 minutos sentado à espera dos outros! E um grande bem haja a quem o fez, e ficou ao meu lado na fila paralela à minha... VOCÊS FIZERAM O MEU DIA!!!

Um grupo de casais provinciano comentava a imbecilidade dos seguranças que passaram revista às malas, após as terem visionado no ecran do Raio X.

Imaginem, os imbecis (dos guardas)...

O membro masculino do casal revistado explicava ao outro: "estes gajos são mesmo burros!!! Imaginem que abriram esta caixa e cheiraram isto: uma écharpe verde!!! - Daquelas de veludo verde brilhante que parece uma lagartixa gigante com pompons!!! São mesmo estúpidos, a cheirarem e a olharem para o cachecol!

E seriam uns imbecis, os guardas, não fosse a dita écharpe estar guardada dentro de uma caixa de gelado de limão da marca continente, lavada (suponho... e sem o gelado lá dentro - tenho a certeza) e com o lindo lenço lá dentro...

É TOTALMENTE NORMAL ALGUÉM IR DE FÉRIAS E GUARDAR UMA ÉCHARPE VERDE DENTRO DE UMA CAIXA DE GELADO DE LIMÃO DO CONTINENTE VAZIA, ALOCANDO-A NO TROLLEY!!!

Ao meu irmão: és genial, mas estes tipos são melhores do que tu!




P.S. - Peço desculpa da foto ser de uma caixa de gelado de baunilha, mas já não há gelado de limão à venda - pelo menos no continente online - o que me leva a crer que a caixa já é antiga!!!! Não?!?!?

4 comentários:

Rachie disse...

Este post fez a minha noite.
Não consigo parar de rir com esta portugalices! :D

Luis Melo disse...

:D ... muito bom. Estes tugas não deixam de surpreender.

A mim, a melhor que me aconteceu, foi:

Vôo Porto-Paris 8:00 da manhã.
Depois de 1 hora dentro do avião, parado na pista devido a uma "petit panne", as hospedeiras resolvem servir o pequeno-almoço.
Hosp.- Bom dia, Chã, Café?
Tuga - Num tem binho?
Hosp.- Sim, branco ou tinto?
Tuga - Tinto ! qué que habia de sêr?
[...]
Ao telemovel com a mulher que estava em Paris.
Tuga - Esta merda nunca mais lebanta e eu tou farto de tar aqui. Num nos deixam sair prá pista fumar um cigarro... daqui a bocado je me lance de lá fenêtre !!

Rachie disse...

Continuando na saga de quem se embebeda a bordo dos aviões da TAP, por volta das 19h, num voo que já vinha atrasado 1 hr de Amsterdam para Lisboa, há alguém que resolve apanhar a verdadeira piela e começar aos berros a pedir "OH CHEFE, NÃO HÁ AÍ MAIS UMA SANDOCHA PARA MATAR A LARICA???!" e disse isto umas 10x, com palavrões pelo meio e só se calou quando a dita "sandocha" (a segunda portanto) chegou!

HAHAHA :) Tugas no seu melhor! Na altura só tive vontade de me esconder debaixo de um banco...
Mas o melhor foi há pouco tempo estar a falar com amigos de amigos e chegar à conclusão que uma das pessoas estava nesse mesmo voo! Foi a risota total! :)

João Pedro Cruz disse...

Com as écharpes nas caixas dos gelados, começo a imaginar o que os fracos das compotas, os sacos das batatas fritas, as garrafinhas dos iogurtes líquidos e mais sei lá o quê traziam no seu interior…
Não é de estranhar, esta geração para além de ter crescido com o tema da reciclagem, também é a geração do taparuére!!!