segunda-feira, 26 de maio de 2008

Pudera..!

Manuela Ferreira Leite é a favorita do PS – lê-se. Em nada surpreende esta manchete de jornal. Numa estratégia para influenciar o eleitorado laranja, os socialistas apontam a Dama de Ferro como a adversária ideal de Sócrates no combate de 2009. É clarividente que se trata de jogo político de um PS que teme – e bem – a chegada de Pedro Passos Coelho à liderança do PSD.

Na política a novidade traduz-se muita vezes em vantagem. Pedro Passos Coelho é um rosto novo para muitos dos portugueses e pode ser visto como um arauto de mudança. Aqui Manuela Ferreira Leite parte em desvantagem, pois dela e dos que a rodeiam todos sabemos o que esperar e caso ganhe as directas tornar-se-á tarefa árdua superar as expectativas dos portugueses.

Depois, sem desprimor do seu mérito e capacidade, a verdade é que a candidata à São Caetano à Lapa não colhe grande simpatia dos portugueses, mercê – creio - de medidas governativas impopulares que outrora levou a cabo. Já Pedro Passos Coelho conquista a cada dia o povo português. A propósito, tive recentemente a oportunidade de registar a popularidade crescente e a simpatia genuína e mútua entre PPC e os portugueses e garanto-vos que é absolutamente singular. Sócrates que se cuide..!

Compreende-se assim o porquê de termos um PS a opinar sobre as eleições do PSD... Aliás, estou desconfiada que no próximo dia 31 muitos dos socialistas gostariam de poder desdobrar-se em dois e votar nestas directas do PSD...

2 comentários:

Jonitu disse...

não vejo em PPC uma capacidade de liderança no PSD, muito menos uma alternativa viavél a Sócrates (sequer capaza de lhe fazer frente em 2009) a frontelidade de MFL é dura e dificil de ouvir, atitude que mantem desde os tempos em que era ministra e como pessoa fiel aos seus principios que é não alterou, quando era mais facil optar por um discurso (mais á PPC) mais demagogico, e logo mais "capacitado" para a angariação de votos no partido....prefiro claramente ser confrontado com a dura realidade vinda de MFL que ser contagiado pelo demagogico discurso de PPC para isso já me chega o sr. Socrates...

Dulce Alves disse...

Não posso concordar quanto à forma como qualificas o discurso de PPC. Em nada a sua atitude é demagógica... Aliás, PPC tem sido muito honesto nos seus ideais, quando podia bem encobrir a sua propensão liberal. Talvez lhe fosse mais favorável. Tomo de exemplo duas das suas propostas - a privatização da CGD e o fim do SNS gratuito. Estão longe de ser posições tomadas para angariar votos, como bem deves imaginar...