segunda-feira, 24 de setembro de 2007

Pago eu ou pagas tu?


O secretário-geral do PSD denunciou ao CJN o pagamento de quotas em pacotes. Pacotes de 100, 200 e por aí fora até aos milhares...

Alegadamente são quotas pagas por apoiantes de Luís Filipe Menezes.

Eu pergunto: ao fazer esta denúncia, quererá o sr. Miguel Macedo insinuar que na candidatura que apoia tal não aconteceu? Ou estamos perante o ressurgimento dos valores e da ética na arte de fazer política?

5 comentários:

Correia disse...

Essa é que é a grande questão...

João Pedro Cruz disse...

Pagar quotas?!?!? Eis a questão (sem dúvida)...
Ninguém sabe porque o faz...
Talvez seja a única condição de "filiação", pois não é certamente por questões de "fidelidade"!!!

Filipe disse...

Esta campanha está a "dar cabo" do imagem do partido. E eu sou apenas mais um a dizê-lo. Mas ao contrário da opinião de outros, acredito que esta "guerrilha" pode ser benéfica. Tenho dito que o PSD deve agora preparar-se para o outro campeonato, uma vez que este, com fase final agendada para 2009, está perdido. O líder que se seguir a 2009 terá a tarefa bastante facilitada, tendo em conta a má gestão de imagem que LFM e MM têm feito ao longo desta campanha. Acredito que algumas pessoas importantes para o partido, irão começar já neste congresso a alinhavar aquilo que será o pós 2009...

Ricardo Cândido disse...

Não tenhamos é dúvidas que as quotas são um mecanismo importantíssimo para o bom funcionamento democrático do partido.

Concordo com o Pacheco Pereira quando afirma que este processo, permitirá, no futuro, tornar claras as regras do jogo. E sinceramente, pelo que vejo, é no futuro que temos que pensar.

Dulce Alves disse...

Este folhetim das quotas já enjoa.
Está a prejudicar, não uma ou outra candidatura... mas o partido,que já está para lá de 'partido' e que de dia para dia vê agravado o seu bom nome.

É certo que as irregularidades são para ser tidas em conta, porque é digno para o partido que o processo eleitoral decorra segundo os trâmites legais.

Ninguém duvida de que aldrabices no pagamento de quotas ocorre, infelizmente, em ambas as candidaturas, mas parece que só a "Trofa de Menezes" (e outras secções que o apoiam) foram visadas pela medida do Conselho de Jurisdição...

Isto, quando parece haver igualmente suspeitas de irregularidades em concelhos como Caldas da Rainha, Ansião e Figueira da Foz, localidades ditas "pró-Mendes"....

Caso para dizer que os 'súbditos' de Mendes seguem os critérios do líder... i.e. "dois pesos, duas medidas".