terça-feira, 29 de junho de 2010

O Mundial dos Árbitros

Jorge Larrionda [Alemanha vs. Inglaterra]

Roberto Resetti (Argentina vs. México)

Hector Baldassi (Espanha vs. Portugal)

Neste Mundial, os protagonistas não têm sido tanto os craques da bola, mas sim os senhores do apito. Errar é humano, mas resistir à ajuda das tecnologias permitindo estas fantochadas é lamentável.

2 comentários:

Jonitu disse...

Acho injusto esta critica ao árbitros, até acho que tirando 2 erros mais escandalosos os outros são erros normais de arbitragem, por norma não acredito na má vontade dos árbitros (anjinho...talvez.. acho que o nível da arbitragem está bastante elevado, e não deve ficar manchado com estes erros, o erro do Ponta de Lança que falha um golo escandaloso ou o erro do defesa ou do GR valem tanto como o do arbitro e no entanto não vejo ninguém dizer que a Nigéria está fora do Mundial por causa do Yakubu (lembram-se, 2-2 com a Coreia do sul, se ganhassem apuravam-se) no entanto o assistente do Larrionda (mauricio Espinosa)são os piores árbitros do mundo...há mais no futebol que apenas ver erros, o futebol tb conta....

Dulce disse...

Jones, não os estou propriamente a usar como bode expiatório. A culpa das suas falhas é, sobretudo, da FIFA e demais entidades competentes que teimam em não introduzir as tecnologias no futebol, permitindo assim que os erros manchem o espectáculo e inquinem os resultados...
O que estou a dizer é que à conta dos erros fatais deste Mundial os árbitros têm tido mais protagonismo que os próprios protagonistas da bola... e estes três tão depressa não serão esquecidos por muitos adeptos.