sexta-feira, 28 de maio de 2010

28 de Maio

"Na Véspera do dia 28 de Maio, o Doutor Salazar mandou comprar a expensas suas uma passagem no avião da carreira de Lisboa ao Porto. Era a primeira vez que utilizava a via aérea para as suas deslocações, e parece que o meio de transporte não foi do seu agrado" *.

Quando passam oitenta e quatro anos desde a marcha de Gomes da Costa sobre Lisboa, que haveria de culminar, com a Constituição de 1933, no início do Estado Novo, escolho esta citação de uma obra magnífica, pois, a meu ver, a mesma reflecte o essencial de António de Oliveira Salazar: honesto como já ninguém é, mas ensimesmado e conservador, tal qual como queria o País... Tivera saído no final da década de 40 e outros relatos se ouviriam...

*Serrão, Joaquim Veríssimo, in "História de Portugal", vol. XVIII ["A Governação de Salazar: Grandeza e Declínio (1960 - 1968)"], pág. 218, Lisboa, Babel (Verbo), 2010.

2 comentários:

Gonçalo Capitão disse...

Nota: como é fácil de ver, a viagem do Doutor Salazar foi feita na véspera do aniversário do 28 de Maio, mas não no ano de 1926, como é lógico.

pedro disse...

O Salazar que hoje nos governa também não deve gostar muito de viajar de avião...por isso, quer construir um TGV só apara ele e com o nosso dinheiro...
assim, não vai ter direito a busto!!