sábado, 10 de abril de 2010

"Mudar"... também por cá...


Pedro Passos Coelho dá um sinal interno de como se deve fazer política após actos eleitorais. O convite a Rangel e Aguiar Branco, cai bem aos portugueses. Embora possam existir militantes defraudados nas suas expectativas em progredir politicamente com a nova direcção apenas pelo simples facto de que apoiaram o “cavalo certo”, a realidade é que assim é que deve de ser… “ruptura interna” nunca será o melhor caminho!

Agora falta apenas que nos núcleos, secções, distritais do PSD adoptem esta prática. O convite de opositores internos derrotados para colaborar em gabinetes de estudos e grupos de trabalho, pode ser uma via extremamente importante para a estabilidade futura interna do PSD.

É assim que se prepara um grupo para governar.


NOTA: Parabéns ao Manuel R. e bom trabalho…
* Fotografia retirada do JN online

1 comentário:

Ricardo Cândido disse...

Isso JP.
Há um intento superior, que é preparar o PSD para governar Portugal