domingo, 18 de abril de 2010

Expliquem lá isso melhor...

Recebi esta semana na minha caixa de correio postal uma carta do Diário de Coimbra no mínimo invulgar, para não dizer outra coisa.

Para fazer o devido enquadramento, abaixo transcrevo os dois primeiros parágrafos:

“ O Diário de Coimbra tem vindo, de algum tempo a esta parte, a oferecer-lhe, sem qualquer custo, para si, a edição diária do nosso jornal.

Infelizmente, devido ao aumento das matérias-primas e à diminuição da comparticipação estatal em termos de porte-pago, é-nos de todo impossível continuar com esta oferta por mais tempo.”

Permitam-me que realce a minha estupefacção sobre a simpática missiva! É que não faço ideia do que é que para ali escreveram e gostaria que me informassem quais as edições com que me presentearam?

Sinceramente, receio ter cometido uma indelicadeza. Pois como nunca as recebi, também nunca pude agradecer a oferta.

2 comentários:

Dulce Alves disse...

Às vezes os regionais fazem isso, de oferecer uns números, a ver se a malta se habitua e acaba por subscrever o jornal. Se calhar o que aconteceu é que os teus números foram surripiados da caixa do correio por outros inquilinos... isso é mais frequente do que possas julgar!

Ricardo Cândido disse...

Pois. Mas não creio que seja esse o caso, Dulce.:)