terça-feira, 13 de janeiro de 2009

Sete títulos para o n.º 7


Bem sei que já chateia meia hora de telejornal a levar com mais uma conquista de Cristiano Ronaldo, seguido de um "Prós & Contras" inteiramente dedicado ao craque (quais seriam os contras?!) e depois de uma noite destas ainda ter que gramá-lo em todas as capas dos jornais logo pela manhã! Mas com 23 anos e tanto prémio já arrecadado é impossível ignorar o sucesso de Cristiano Ronaldo e menosprezar um jogador que num só ano arrecadou sete distintos prémios do mundo do Futebol, com a cereja no topo do bolo - FIFA World Player 2008.

Sete prémios para o nosso número sete merecem de facto reconhecimento dos portugueses, até porque tudo o que envolve o nosso craque mexe com aquele orgulhozinho de ser português e deixa de rastos aqueles que sustentam a ideia de que o português não é bom em coisa alguma..! O que chateia mesmo é que Ronaldo seja tão bom lá fora e quando chega a hora de vestir a nossa camisola, parece que o talento se eclipsa... A ver vamos se a sucessão de comemorações que o moço viveu em 2008 o moralizam para fazer por merecer mais uns tantos nos próximos tempos... e a ver vamos se num próximo Europeu ou Mundial justifica toda esta bajulação dos portugueses...!

3 comentários:

Rachie disse...

Parabéns ao menino prodígio do Futebol.
Mas honestamente a atitude quando veste a nossa camisola parece nada ter a ver com a de "menino prodígio" do Manchester Utd!
Anyway, dou graças por aqui nas Holandas não ter de levar com esses 30 min em cada canal haha!
Mas não me escapo de o ver nas capas de alguns jornais / revistas e claro, inevitavelmente, numa coluna do jornal Metro :P

Luis Melo disse...

Cristiano Ronaldo venceu o prémio que mais desejava. Mais do que os 3 troféus colectivos (Campeonato Inglês, Liga Campeões Europeus, Campeonato Mundo Clubes) e mais do que os 13 troféus individuais (melhor marcador inglaterra, bota de ouro, bola de ouro, etc) que venceu em 2008.

Talvez seja o futebolista que mais mereceu ser nomeado melhor do mundo pela FIFA, desde que foi instaurado o prémio. Isto porque no mesmo ano ultrapassou todos os limites, venceu tudo o que havia para vencer e quebrou vários recordes. Não foi nenhum lobby que o nomeou

...

Acusam-no frequentemente de não ter conseguido ter bons desempenhos na selecção nacional. Contra isso falam os números: 60 jogos e 21 golos com apenas 23 anos. Sabendo que o melhor marcador (Pedro Pauleta) tem 47 golos marcados, não parece dificil que Ronaldo se torne, mais uma vez, no melhor de sempre.

em Mudar Portugal?

Dulce Alves disse...

Raquel,
o Cristiano Ronaldo é mesmo a personalidade portuguesa do ano :D
(o nosso PM ainda arrecadou o título de um dos mais sexys do mundo - vá se lá perceber como - mas não bate o craque da bola!) e aquele que mais longe leva o nome do nosso país.
Até no longínquo Japão, a única alusão ao nosso país que eu e o Gonçalo vimos foi uma revista em que o CR7 fazia capa (escusado dizer que não conseguimos ler a entrevista!) ;)


Luís,
a julgar pelas tuas contas o título deste post ficou muito aquém dos prémios que o Ronaldo arrecadou! ;)
Quanto à sua prestação na Selecção... eu cá não sou a melhor pessoa para o julgar, mas a verdade é que "sabe sempre a pouco"...