sexta-feira, 26 de dezembro de 2008

Se a moda pegasse por cá...


E enquanto o maior grupo de calçado português se vê a braços com a crise, a empresa de sapatos Baydan soma e segue à conta do episódio entre um jornalista iraquiano e George W. Bush. O modelo "bye bye Bush" tem sido tão requisitado que a fábrica teve de contratar mais de uma centena de trabalhadores para fazer face às encomendas...
Se a moda pega por cá... a indústria de calçado agradece!

4 comentários:

Rosa Moreto disse...

Para que a moda pegue tem de haver um corajoso que atire um sapatinho ao "Socras". O nosso PM podia não achar piada, mas seria um sacrifício a bem da indústria nacional do calçado :P

Dulce Alves disse...

Romi,longe de mim querer incitar este tipo de atitudes, mesmo que por uma boa causa - a economia doméstica! ;)
A verdade é que não só achei surpreendente como um episódio político pode alavancar a produtividade de uma indústria (a fazer lembrar o muito que se vendeu à boleia do "por qué no te callas?" entre Chávez e o Rei Juan Carlos) mas também o facto de simultaneamente ter sido notícia o declínio da indústria de calçado portuguesa, outrora tão forte junto dos mercados internacionais...

Gonçalo Capitão disse...

Atirem-lhe um "Magalhães"!!!

Luis Melo disse...

Apoio o Gonçalo... atirem p.f. um magalhães ao Socras. Mas apontem bem, não vá ele esquivar-se como o Bush. É que assim matava-se dois coelhos...