quinta-feira, 30 de outubro de 2008

Estudar em Coimbra (momento chauvinista) II

Já nem sei que diga...
Leio na edição de ontem do Público que a Escola Secundária Infanta D. Maria, em Coimbra, foi, mais uma vez, a escola pública mais bem cotada no ranking anual do Ministério da Educação.

Ora, depois de vos ter mostrado com quantos paus se faz uma canoa, ao mencionar o ranking do jornal The Times para as universidades, vejo-me condenado a dizer-vos que foi ali que, orgulhosamente, fiz o ensino secundário e iniciei a minha vida política e associativa...

6 comentários:

Luis Melo disse...

Havia Magalhães na tua escola?... não haviaaa... :)

Gonçalo Capitão disse...

E na tuuuuuuuuuuuuuaaaaaaaaaaa??? :)

Luis Melo disse...

Na minha havia o Sr. Magalhães que era o porteiro :)

E falava: "Tem catão, enta. Não tem catão, não enta"

Rachie disse...

Parabéns pelo blog. Foi-me recomendado há uns tempos e comecei a seguir e inclusive a reler posts antigos! :)

Cumprimentos,

Raquel Vilão
(Licenciada em Direito e a frequentar o Mestrado em Direito Europeu na Universidade de Utrecht, Holanda)

Gonçalo Capitão disse...

Cara Raquel

Penso que falo em nome de todo o "plantel da Lodo, S.A.D." ao agradecer a simpatia e a preferência.
Vá mandando notícias da Holanda!
Um abraço

Luís
Devia ser uma personagem... Acho que todas as escolas têm um ou dois figurões do género.

Dulce Alves disse...

Eu cá - infortúnio!! - acabo de descobrir que as duas escolas que frequentei foram duas das piores classificadas no ranking! :$
A EB 2/3 de S. Martinho do Porto (outrora C+S de S. Martinho do Porto) obteve uma média de 8,72 (Ui!) e a D. Pedro I de Alcobaça (a mesmissíma que há 3 anos figurava como 11ª no ranking - excluindo as privadas - com uma média de 13,89) apresenta hoje uma média inferior a 10!
grunfffffffffffffff :$