segunda-feira, 9 de junho de 2008

Tirania a dobrar

Enquanto a fome grassa no Zimbabwe e a crise agudiza, Mugabe foi até Roma passear na cimeira da FAO. A hipocrisia da coisa em si já revolta, mas Mugabe e a sua Grace não se ficam por aqui. Para a viagem o casal levantou do Banco Central do seu país a módica quantia de 50.845 euros. A estadia fez-se numa suite de 890 euros diários e enquanto Mugabe ouvia o discurso (ou será: fazia orelhas de mouco?) sobre a fome no mundo, Grace foi às compras nas lojas dos grandes costureiros. Já não bastava a tirania do marido e a esposa revela-se ainda mais desumana: “só calço Salvatore Ferragamo porque tenho os pés muito estreitos”. Repugnante, no mínimo!

4 comentários:

Dri disse...

Segundo o Jornal Publico de ontem, a Sra Mugabe gastou 80 mil euros em compras enquanto decorria a cimeira. É mesmo repugnante quando há tantas pessoas a morrer a fome no Zimbabue. Mas a verdade e que a noticia vinha numa pagina no meio do jornal e o destaque era pouco.Os jornais preferem falar da selecção.....

Ricardo Cândido disse...

Essa senhora devia andar de pé descalço.
Por mim podia gastar biliões de euros em compras num só dia, desde que a proveniência da "massa" fosse honesta e não à custa do pobre povo do Zimbabue.

Jonitu disse...

é triste que num país a beira da falencia (a beira????) os seu "presidente" se ande a pavoniar pela europa na cimeira da FAO e a sua "dama" a gastar imenso dinheiro quando o povo passa fome....sim tudo isto é triste mas não é menos repugnante que hipocritamente se chama o Zimbabwé de o ex-celeiro de Africa (adoro esta expressão.....enfim) quando era "celeiro" porque os negros eram explorados, prejudicados, escravizados, oprimidos, ostracizados....quando um qualquer país africano é governado por Brancos esse país é um modelo de desenvolvimento em africa, mesmo que para isso os unicos a viver bem sejam os brancos locais, quando é um negro é um ditador, ganansioso que apenas prejudica a povo....Robert Mugabe devia ter vergonha mas mais devia ter quem durante decadas não fez outra coisa em Africa a não ser ROUBAR (portugueses, ingleses, franceses...)
é preferivel morrer de pé que viver de joelhos....

Luis Cirilo disse...

Se há país no mundo actual que merecia uma intervenção militar das Nações Unidas é o Zimbabwé onde esse ditador grotesco e repugnante chamado Mugabe se entreteve a dar cabo de uma nação com todas as condiçoes para ser próspera.
Veja-se agora este folhetim das consecutivas detenções do lider da oposição para perceber bem o que esse ditadorzeco faz para se manter no poder.
Acho curiosa a opinião de um comentador deste blog sobre o papel dos portugueses (porque dos ingleses e afins pouco me diz)em África.
Roubar?
Mais roubou,matou,torturou e fez desaparecer a clique criminosa do MPLA em trinta anos de poder do que os portugueses em 500 anos de história.
Voltando ao Zimbabwé para dizer ao referido comentador o seguinte:esteja descansado que com Mugabe os zimbabweanos nem vivem de joelhos nem morrem de pé.
Morrem deitados,abatidos pela policia do ditador ou simplesmente de fome.
Tomaram eles, em alternativa a Mugabe, os brancos de Ian Smith !