quarta-feira, 3 de janeiro de 2007

Ainda não cometeu um crime


Ainda não cometeu um crime, mas só tem até 14 de Janeiro para o evitar, se ainda não foi à Gulbenkian, já que essa é data de encerramento da soberba exposição "Diálogo de Vanguardas", que apresenta um acervo de obras do genial Amadeo de Souza Cardoso, que, me parece, levará muitos anos para poder ser reunido outra vez (permito-me destacar pela curiosidade a edição única de "A lenda de São Julião Hospitaleiro" de Flaubert, caligrafada e ilustrada por Amadeo; se a história já era boa, assim...).
Acrescem alguns trabalhos de Modigliani, Picasso e Malévitch, entre outros.
Se gostar, o catálogo, não sendo "dado", é, também ele, excepcional.

2 comentários:

Sara Brito disse...

:))) Eu vou este sábado, estou espectante mas acho que vou gostar muito. Para além disso, arte é arte ;) Um Bom Ano!

Gonçalo Capitão disse...

Sara

Antes de mais, bom 2007!

Não me digas que ainda não foste? o teu blog foi pioneiro a alertar para a exposição!

:)