sábado, 2 de dezembro de 2006

Cretinos

O título nada tem a ver com a minha impressão sobre o filme, que vi ontem.

Trata-se, a meu ver, de um excelente e intenso filme, na linha dos bons filmes de Scorsese, com actores de alto gabarito.

O título?!... Bem isso tem mesmo a ver com a frequência da sala. Assentei arraiais nas Twin Towers, fugindo ao inferno do Colombo (o outro multiplex próximo do local onde me refúgio em Lisboa, e onde vou amiúde), cansado que estou de pipocas pelo chão e mastigadas com a mandíbula inferior a bater nos sapatos, telemóveis atendidos durante o filme e mesmo menus da MacDonald's (sim, foi durante o filme do 007!...), e até porque ía apanhar o metro de seguida, rumo ao Estádio de Alvalade.

Pois bem, apesar da aparência chique, não faltaram as pipocas pelo chão e um infante de não mas de 6 anos a ver um filme violento, de que apenas percebia os tiros e agresões (como pude ir escutando)... Mais espantará se vos disser que era uma famelga com a mania de que é "bem" (algo que os portugueses adquirem sempre que têm umas massas ou que desempenham certos cargos ou funções).

Moral da história (entronca noutros posts): de qulaquer lado da suposta pirâmide social, há muito civismo a palmilhar para que o nosso desenvolvimento económico chegue a ter importância...

2 comentários:

Dulce Alves disse...

Caso para dizer, "entre os dois venha o diabo e escolha"..!!

Cinema no Colombo é uma experiência "única" (a mim bastou-me uma só vez para nunca mais lá pôr os pés!!)
E nas Twin Towers ao que parece não difere muito...

Nada como o King, o Londres, Nimas ou Monumental... (este último não é muito aconselhável se formos recambiados para as salas do Saldanha Residence... levamos com as vibrações do metro a cada 2minutos...!!)

Gonçalo Capitão disse...

Essa do Metro, não sabia.
Os melhores eram os de Alcochete, no Freeport, que, obviamente, faliram.
Salas descomunais, onde cheguei a estar com apenas mais uma pessoa...
O Alvaláxia não é mau (apesar dos lagartos)e, para quem goste de locais de culto, o Quarteto tem boas cadeiras, de há um tempo a esta parte.
O problema nas Twin Towers foi circunstancial.
Uma coisa é certa: partilhamos um vício.