quarta-feira, 19 de abril de 2006

Estou definitivamente lixado

Continuando a novela vernácula, só me faltavam o Dr. Guilherme Silva e o Prof. Narana Coissoró a invocarem que o problema da falta generalizada de deputados, na última 4ª feira, teve a ver com a insistência em fazer um plenário na Semana Santa, com votações pelas 19h30, no entender do primeiro, indo mesmo ao ponto de se dizer, no caso do segundo, que acontecimentos como um "Benfica vs Barcelona" justificam que se use de tolerância e prudência nos agendamentos.
Sou muito amigo do Dr. Guilherme e tenho muita consideração pessoal pelo Prof. Narana, mas que dizer se todo os trabalhadores portugueses quiserem uma Páscoa com férias extra, porque há que ir à terra (nem que seja a de Vera Cruz)?!
E quanto ao futebol, seja o Barcelona, seja o União de Coimbra ou mesmo o Arroios a verdade é que primeiro é preciso ver o que há por fazer e se os políticos que assistem o fazem em representação institucional. Se assim não for, prima facie, o espectáculo tem de ficar em segundo lugar.
Seja como for, há coisas que podem pensar-se, mas não dizer-se.

2 comentários:

Ricardo Cândido disse...

Hoje também ouvi o líder da bancada Socialista (Antena 1, bem cedinho!) dizer que durante o plenário, não se apercebeu da falta dos deputados da sua bancada!
Não sei, mas não seria preferível mudar os líderes das bancadas parlamentares para a última fila do parlamento? Parece-me que dessa forma teriam uma visão relativamente mais abrangente da assembleia.
O Dr. Martins disse também que o método que utiliza para convocar os deputados faltosos para as votações era as sms (tenho a certeza que ouvi bem!). No fim da sala, com uma visão panorâmica sobre a sua bancada, parece-me que esta falta de atenção não se repetiria, a não ser que tenha falta de crédito no telefone.
Não sei se é viável, apenas estou a tentar ajudar.

Fernanda Marques Lopes disse...

Pois, na opinião destes dois senhores... "show must go on", ou seja, "Easter must go on", de preferência, antecipando esse tempo tão sagrado para antes do seria habitual. Qualquer dia, também dizem que se justifica se os deputados faltarem na Quaresma e no Advento, porque preparam, respectivamente, a Sua Santa Páscoa e o Sagrado Nascimento do Menino! Ou pedirem ainda umas férias durante o mundial e o europeu de futebol... ou de qualquer outra modalidade... a bem dizer.... "meus senhores, não façam mesmo nada!"

Aproveito para dizer que estive presente no Colóquio que se realizou na 3ª feira, na Sala do Senado da AR, cujo tema era "Ética e Política". Uma das oradoras disse mesmo que era condenável a atitude dos deputados, sobretudo dos que tentaram falsear a sua presença. O que me deixa duplamente triste é verificar que o BE e o PCP são os mais assíduos... Enfim, mas senti-me verdadeiramente uma deputada: adormeci no banco, durante um orador mais chato. Quem me voltou a acordar foi o discurso do Dr. Narana Coissoró :)

Beijinhos Gonçalo!

Nanda